• Área do Cliente
     
    LEILÃO JUNHO DIA 17/06/2021 - LEILÃO UNIFICADO TRT MG PRESENCIAL E ONLINE
    17/06/2021 CADASTRE E DE SEU LANCE AGORA
    • Comitente: TRT MG.
      Data de início: 18/05/2021 às 14:00
    • Modalidade: On line e presencial
      Data de Término: 17/06/2021 às 16:00

    -


    -- visualizações
    -- lance(s)
    Informações
    • Lote: / 39
    • Lance Inicial:
    • Início: às
    • Término: às
    • Localidade:
    Ao Vivo Sincronizar
    -- :
    dias
    -- :
    horas
    -- :
    min
    --
    seg
    • Descrição
    • Histórico de lances
    • Edital
    • EDITAL DE LEILÃO
      41ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte
      Rua Mato Grosso, 468, 11° andar - Barro Preto 30190-080
      Belo Horizonte – MG
       
      PROCESSO: 0010822-20.2019.5.03.0181
      AUTOR(A): VALDELANDE BENTO DE FIGUEIREDO 04322477690
      RÉU: KARINA ALVES FERREIRA
       
      DATA DO   LEILÃO: 18/05/2021, às 14:00 horas.
      DATA DO   LEILÃO: 17/06/2021, às 14:00 horas.
       
      LOCAL: Auditório do BH Palace Hotel, situado na Av. Augusto de Lima, n° 1.147, Bairro Barro Preto, em Belo Horizonte/MG.
       
      Em caso de restrição para realização do leilão presencial, será realizado somente na forma VIRTUAL com o  cadastramento no site WWW.arnaldoleiloes.com.br.
      DESCRIÇÃO DOS BENS: 12(doze) calças jeans novas,  marca Oxtreet, cores e tamanhos variados.
      TOTAL DA AVALIAÇÃO: R$ 1.320,00(um mil, trezentos e vinte reais).
      LOCALIZAÇÃO DOS BENS: ver leiloeiro.   
      OBSERVAÇÕES:
      1. O leilão estará a cargo do leiloeiro oficial Arnaldo Emílio Colombarolli, matrícula Jucemg Nº 813 (www.arnaldoleiloes.com.br) e será realizado no local, data e horário acima especificados.
      2. Fixa-se como lance mínimo o percentual de 30%(trinta    por  cento) do valor da avaliação.
      3. A comissão do leiloeiro oficial é fixada em 10%(dez por cento) sobre o valor da arrematação, ficando a cargo do arrematante, que deverá ser quitada  a vista a diretamente para o  leiloeiro.
      4.  Os interessados em participar do leilão deverão portar documento de identificação, sendo pessoa física a cópia da cédula de identidade civil ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação), se for pessoa jurídica, seu contrato social e respectiva ultima alteração, e a cópia da cédula de identidade civil ou CNH do representante legal da sociedade.
      5. O valor da arrematação deverá ser quitado à vista, observado o disposto no art. 888, § 2º/CLT, mediante depósito à disposição do Juízo da 41a Vara do Trabalho de Belo Horizonte, nos termos do art. 245, §1º do Provimento Geral Consolidado/TRT-3ª Região.
      6. Caso desfeita a arrematação, ou deferida a remição ou adjudicação, os valores depositados serão restituídos ao arrematante, inclusive a comissão do(a) leiloeiro(a), se for o caso.
      7.  Não será devida comissão ao(à) leiloeiro(a) na hipótese de desistência de que trata o art. 775/CPC, anulação ou ineficácia da arrematação, ou resultado negativo da hasta pública.
      8. Na hipótese de pagamento do valor da execução antes da realização da hasta pública, o leiloeiro receberá apenas as despesas que houver efetuado com remoção, guarda e conservação dos bens,(Provimento TRT3/GCR/GVCR 2/2017).
      9. Em caso de remição ou adjudicação, o leiloeiro será remunerado pelo remitente ou adjudicante, e os valores deverão ser pagos pelo remitente ou pelo adjudicante no ato da remição, ou antes, da assinatura da carta de adjudicação.
      10.  Havendo acordo, remição após a realização da alienação, o (a) leiloeiro(a) fará jus à comissão (art. 246, § 2 º do Provimento Geral Consolidado/TRT-3ª Região).
      11. O arrematante não poderá alegar desconhecimento das condições deste leilão, nem das características do bem ora ofertado, posto que,  incumbe aos interessados a verificação de eventuais encargos incidentes sobre o bem, os quais serão de total responsabilidade do arrematante, ainda que não expressos no edital.
      12. Encerrado o leilão, o preço total deverá ser depositado pelo Arrematante no prazo de 48 horas.
      13. Caso haja a desistência da arrematação fora das hipóteses legalmente previstas, o Arrematante poderá ser multado, nos termos da lei, sem prejuízo do pagamento da comissão do leiloeiro.
      14. Não será devolvido o valor da comissão, se, por culpa do Arrematante, a arrematação for anulada, invalidada, resolvida ou considerada ineficaz.
      15. A arrematação somente  será concluída após a homologação pelo MM Juiz da vara competente.
      16. Fica(m), por este, intimado(s) o(s) devedor(es) e/ou depositário(s) não localizado(s).
       
    • TIPO USÚARIO / PLAQUETA DATA HORA VALOR